TRÁFICO DE PESSOAS E TRABALHO ESCRAVO: DIREITO DE DECIDIR?
PDF

Palavras-chave

Trabalho escravo
Tráfico de pessoas
Consentimento

Como Citar

Andrade, S. S. (2016). TRÁFICO DE PESSOAS E TRABALHO ESCRAVO: DIREITO DE DECIDIR?. REVISTA ESMAT, 4(4), 217-244. https://doi.org/10.34060/reesmat.v4i4.91

Resumo

Este artigo tem como objeto refletir a respeito do consentimento nos crimes de trabalho Escravo Contemporâneo e Tráfico de Pessoas com a finalidade de exploração sexual. Partindo-se de um estudo interdisciplinar entre direito penal e sociologia, objetiva-se refletir a possibilidade de analisar a decisão nos seres humanos nessas situações. A metodologia utilizada será a partir de dados colhidos na Justiça Federal do Tocantins e de pesquisas a respeito do tráfico de pessoas.
https://doi.org/10.34060/reesmat.v4i4.91
PDF

Referências

ATLAS Político-jurídico do Trabalho Escravo contemporâneo. Organizado por Antonio filho, Nonato Masson, Reynaldo Costa. Açailandia: Ética, 2011.

COOPER, Frederick. Condições análogas à escravidão: imperialismo e ideologia da mão-de-obra livre na África. IN: Além da escravidão: investigações sobre raça, trabalho e cidadania em sociedades pós-emancipação. Tradução de Maria Beatriz de Medina. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2005, p. 201-270.

DEJOURS, Chistophe. A banalização da injustiça social. Trad. De Luiz Alberto Monjardim. 7 ed. Rio de janeiro: Editora FGV, 2006.

FIGUEIRA, Ricardo Rezende. Pisando Fora da própria Sombra: a escravidão por dívida no Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2004.

GAULEJAC, Vincent de. As origens da vergonha. Tradução de Maria Beatriz de Medina. São Paulo: Via Lettera Editora e Livraria, 2006.

HOLT, Thomas C. A essência do contrato: a articulação entre raça, gênero e economia política no programa britânico de emancipação. IN: Além da escravidão: investigações sobre raça, trabalho e cidadania em sociedades pós-emancipação. Tradução de Maria Beatriz de Medina. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2005, p. 91-131.

OLIVEIRA, Marina Pereira Pires de. Sobre armadilhas e casacas de banana. Cadernos Pagu, 2008, Universidade Estadual de Campinas, p. 126-149.

TEIXEIRA, Flavia do Bonsucesso. Ser europeia e o babado da prostituição. Cadernos Pagu, 2008, Universidade Estadual de Campinas, p. 276-283.

UBIRATTAN, Cazeta. O trabalho escravo ainda resiste. IN: As possibilidades jurídicas de combate à escravidão contemporânea. Brasília: Organização internacional do trabalho, 2007.

TOCANTINS. JUSTIÇA FEDERAL. Ação penal nº 2005.43.00.1350-2. Autor Ministério Público Federal. Réus: Joaquim de Faria Daflon, Joaquim Faria Daflon filho, Geseimar, José Luiz Mateus dos Santos. 1ª Vara Juiz - José Godinho Filho. Palmas, 30/07/2007.(A)

TOCANTINS. JUSTIÇA FEDERAL. Ação penal nº 2004.43.00.2380-0/ arquivamento inquérito policial. Procurador Alexandre Moreira Tavares dos Santos. 1ª Vara Juiz - José Godinho Filho. Palmas, 09/01/2007.(B)

TOCANTINS. Justiça Federal. Ação penal/arquivamento nº 2006.43.00.1544-4. Procuradores, Álvaro Lotufo Manzano, Alexandre Moreira Tavares dos Santos; Ludmila Junqueira Duarte Oliveira. Reú EUSTAQUIO BARBOSA SILVEIRA. Juiz da 1ª Vara ADELMAR AIRES PIMENTA DA SILVA 19/05/2009.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.