A EDUCAÇÃO MORAL/CIDADÃ NA PERSPECTIVA DA PREVENÇÃO DA CRIMINALIDADE: PROJETO ÂNCORA
PDF

Palavras-chave

Teorias Criminológicas. Jean Piaget. Métodos Ativos.

Como Citar

Barbosa Araújo, R., & Medina, P. (2021). A EDUCAÇÃO MORAL/CIDADÃ NA PERSPECTIVA DA PREVENÇÃO DA CRIMINALIDADE: PROJETO ÂNCORA. REVISTA ESMAT, 12(20), 64-85. https://doi.org/10.34060/reesmat.v12i20.383

Resumo

O presente estudo possui como tema, escolas inovadoras e a formação moral para prevenção da criminalidade; objetivou compreender o Projeto Âncora, registrando suas peculiaridades, especialmente as relacionadas aos aspectos metodológicos da educação moral, comparando-os às teorias de prevenção da criminalidade. Utilizou-se da pesquisa revisão para obtenção de informações em publicações científicas relacionadas às diversas teorias da criminalidade, nas metodologias de educação moral e nos aspectos metodológicos inovadores encontrados no Projeto Âncora. Concluiu-se que os procedimentos educacionais deste Projeto desenvolvem nos educandos o senso de responsabilidade sobre o andamento das questões sociais e que a práticas pedagógicas proporcionam a internalização das morais sociais, fazendo com que os educandos sejam menos propensos a práticas de atos que transgridem as leis e normas traçadas pelo estado.
https://doi.org/10.34060/reesmat.v12i20.383
PDF

Referências

ALMEIDA, Sheyla Gomes de. Projeto Âncora: uma perspectiva de educação para a integralidade humana. 2017. 235p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília. Brasília, DF, 2017.

ÀLVAREZ, Pilar.No presídio das mulheres que abortam. El País. Izalco – El Salvador, 11 de Jun de 2019. Disponível em Acesso em: 11 jun. 2019.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988, 292 p.

CALHAU, Lélio Braga. Resumo de criminologia. 2º ed. Niterói: Impetus, 2009. 119p. Disponível em: Acesso em: 10 jun. 2019.

DORNELLES, João Ricardo W. O que é Crime. 1º e-book. São Paulo: Brasiliense, 2017. 59p. Disponível em: Acesso em: 6 jun. 2019.

DURKHEIM, Emile. Da divisão do trabalho social. Tradução: Eduardo Brandão. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999. 483p.

FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA. Anuário Brasileiro De Segurança Pública 2018. São Paulo, 2018. 90p. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/publicacoes/anuario-brasileiro-de-seguranca-publica-2018/. Acesso em: 5 jun. 2019.

GALVÃO, Fernando. Direito Penal Curso Completo. 2º ed. Belo Horizonte: Del Rei, 2007. 951p. Disponível em: Acesso em: 10 jun. 2019.

LA TAILLE, Yves de. Moral e ética: dimensões intelectuais e afetivas. Porto Alegre: Artmed, 2006. 150p.

PENTEADO FILHO, Nestor S. Manual esquemático de criminologia. 9º e-book. São Paulo: Saraiva, 2018.

PIAGET, Jean. O Juízo Moral na Criança. Tradução: ElzonLeoonardon.4º ed. São Paulo: Summus, 1994. 302p.

PIAGET, Jean.. Os Procedimentos da Educação Moral. In: MACEDO, Lino de. Cinco estudos de educação moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. Disponível em: Acesso em: 12 jun. 2019.

PIAGET, Jean.Para onde vai a educação? Tradução: Ivete Braga. 22º ed. Rio de Janeiro: José Olimpio, 2015. 127p.

PROJETO ÂNCORA. História. Disponível em: Acesso em: 19 jun. 2019a.

PROJETO ÂNCORA. Estrutura. Disponível em: Acesso em: 19 jun. 2019b.

PROJETO ÂNCORA. Pedagogia. Disponível em: Acesso em: 19 jun. 2019c.

PROJETO ÂNCORA. Estatuto social. Cotia: 2016. 11p. Disponível em: Acesso em: 19 jun. 2019.

PROJETO ÂNCORA. Projeto Pedagógico. Cotia: 2011. Disponível em: Acesso em: 19 jun. 2019.