Nesta quinta-feira (15), a Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT) promoveu o último dia das Oficinas de Preparação para Aposentadoria 2022. Com carga horária de 20 horas, o Evento foi dividido em três eixos, sendo uma temática específica para cada dia.

A preparação dos(as) trabalhadores(as) para a aposentadoria, por meio de estímulo a novos projetos sociais, conforme seus interesses, e de esclarecimento sobre os direitos sociais e de cidadania, é uma iniciativa do Poder Judiciário Tocantinense, que vem sendo desenvolvida desde 2015.

Realizadas presencialmente na Esmat, as atividades ofereceram aos(às) inscritos(as) orientações sobre aspectos psicológicos, sociais, legais e de saúde, relacionados ao processo de aposentadoria e planejamento para o futuro, com vista ao fortalecimento da constituição de um projeto de vida para o momento pós-aposentadoria.

Eixo III — Projetando o Futuro

Em seu último dia, as oficinas foram focadas em temáticas relacionadas às Finanças da Família, à Participação Social e Cidadania, e às Relações familiares. Responsável pela primeira palestra, o facilitador Rogério Lopes da Conceição agradeceu a participação de todos(as) os(as) servidores(as) e, em sua fala, destacou seu otimismo quanto ao rendimento e aprendizado desenvolvido durante o Evento.

“É importante que os(as) servidores(as) se dediquem às suas finanças, para que mantenham sua célula de consumo, visando à economia e à fartura financeira”, comentou.

Para o escrivão, de 57 anos de idade, Nei Oliveira, as oficinas cumprem um importante papel na adaptação e orientação para o futuro dos aposentados, “eu tive certa resistência no início porque já tinha dado entrada no meu pedido de aposentadoria e achava que estava tudo certo para aposentar. Mas o Evento me ajudou a perceber algumas coisas, mostrou o que podemos fazer quando sairmos daqui e abriu um horizonte ainda maior para nós. Foi uma experiência muito boa participar das oficinas”.

De acordo com a participante Maria, de 51 anos, o Evento é importante não só para os(as) servidores(as) que estão próximos(as) ao processo de aposentadoria, mas também para todo o Poder Judiciário. “As oficinas foram maravilhosas, de muito aprendizado. Seria uma ótima opção que o Tribunal adotasse um curso desde o início da carreira dos(as) servidores(as) no Poder Judiciário, para que todos(as) possam aprender e depois saibam como lidar com a aposentadoria quando chegar o momento”.

Neste ano, as oficinas foram ministradas pelos facilitadores Maria Carmen Tatagiba Sily, Flavio Cavalcante de Assis, Paulo Beli Moura Stakoviak Júnior, Ione Lira de Sousa Cavalcante, Adriana Magna Sousa da Silva Ramalho e Rogério Lopes da Conceição.

 

Texto: Francielly Oliveira  Comunicação Esmat / Foto: Ednan Cavalcanti 

Para mais informações: Núcleo de Capacitação e Aperfeiçoamento de Servidores (NUCAS) – Telefone: 3218-4250. E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

whatsapp logo 1