A otimização do tempo na realização das atividades de trabalho, estudo e exercícios físicos, buscando assim a produtividade em tempos de pandemia e trabalho remoto, foram temas elencados durante a palestra  Gestão do Tempo, promovida pelo Tribunal de Justiça, por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas (DIGEP) e da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT). A palestra, apresentada pelo especialista em Desenvolvimento e Gestão do Tempo, Rafael Medeiros Filho, nacionalmente reconhecido, foi transmitida por meio da página da ESMAT na plataforma YouTube. A abertura do evento contou com a participação do magistrado Océlio Nobre da Silva, juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins.

Em sua palestra, Rafael Medeiros Filho iniciou falando do estresse promovido pela falta de gerenciamento das atividades e do tempo, o que gera frustração. Lembrando que vivemos na Era do Conhecimento, indiferente da Era Industrial. Ele ressaltou que a pior reputação de um colaborador ou servidor é a de procrastinador, porque pode ser tido como não confiável. “A melhor reputação é quando as pessoas confiam nas suas entregas”, afirmou.

Apresentando os elementos que causam pouca produtividade, o palestrante lembrou-se de fugas psicológicas que nos levam a não atingir os objetivos no prazo certo ou de maneira saudável. Com isso, elencou atividades de prevenção da dor (lavar a louça, fazer atividades da escola, pagar impostos e contas) e atividades de produção de ganho (ler um livro, assistir a uma palestra, praticar atividades físicas), subdividindo-as em tarefas de manutenção e de produção. “A diferença entre as duas é que a primeira o deixa no marco zero, mantém sua vida como está. Já a segunda o leva a alcançar um novo status, melhorar alguma questão na sua vida”, lembrou.

Apontando cinco passos para gerenciar o tempo, intercalando atividades de trabalho, rotina doméstica e aprendizado, o palestrante elencou cinco pontos que devem ser observados para atingir êxito: Anotar, Separar, Programar, Planejar e Executar. “A gestão do tempo não é talento, é uma produtividade que você desenvolve. A improdutividade é uma desonra ao nosso corpo e ao nosso espírito”, lembrou.

Sobre o palestrante:

Rafael Medeiros Filho – Especialista em Desenvolvimento e Gestão do Tempo, palestrante nacionalmente reconhecido. Já ministrou palestras e treinamentos em todos os 27 Estados do País, em empresas de renome, como: Coca-Cola, Mellita, Netshoes, Avon, Claro, Vivo, Oi, Tim, Brasiltelecom, Bureau Veritas, Honda Nacional, Emerson, ZF do Brasil, Correios, CMS Medical, Unimed, Unicred, Granol, Caixa e Fed. das Ind. do RJ. Possui vasta experiência na área de consultoria organizacional, permitindo que suas palestras, além de descontraídas, sejam extremamente práticas. É reconhecido como um verdadeiro "Transformador de Pessoas", já que, depois de suas palestras, os empresários testemunham uma mudança nítida no comportamento de seus colaboradores. Sua metodologia aplicada nas palestras encanta pela união de dois fatores: Conteúdo e Dinamicidade. Os participantes experimentarão uma inundação de serotonina, endorfina e dopamina (hormônios do bem-estar) durante suas palestras.

 

Texto: Wherbert Araújo – Comunicação Esmat        

Francielly Oliveira – Estagiária em Comunicação