Tiveram início, na tarde desta segunda-feira (9/5), as aulas do curso Básico de Formação de Mediação Ambiental, voltado aos profissionais de Engenharia Ambiental e Florestal, agrônomos e servidores das instituições públicas municipais, estaduais e federais que lidam com conflitos agrários. Promovido pela Escola Superior da Magistratura Tocantinense, a capacitação possui carga horária de 100 horas-aula.

O curso tem por objetivo formar os(as) participantes para atuarem na mediação, com vista à consolidação dos métodos consensuais de tratamento de conflitos, em especial a mediação e a conciliação nas matérias ambientais, à pacificação social e ao amplo acesso à Justiça, objetivos principais da Política Judiciária Nacional de Tratamento Adequado dos Conflitos de Interesses, instituída pela Resolução nº 125 do Conselho Nacional de Justiça, de 29 de novembro de 2010.

As aulas teóricas seguem virtualmente até o dia 30 de junho, e a parte prática ocorre no período de 30 de junho a 16 de dezembro de 2022.

 

Para mais informações: Núcleo de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (NUFAM) — Telefone: 3218-4408. E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Comunicação Esmat