A CONSTRUÇÃO DE UMA SISTEMÁTICA PROTETIVA DA DIVERSIDADE: UM NOVO PASSO RUMO À PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS
PDF

Palavras-chave

Direitos Humanos. Processo evolutivo. Sistemática de proteção dos direitos humanos.

Como Citar

Bertoncello, F. R. M. (2017). A CONSTRUÇÃO DE UMA SISTEMÁTICA PROTETIVA DA DIVERSIDADE: UM NOVO PASSO RUMO À PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS. REVISTA ESMAT, 9(13), 135-162. https://doi.org/10.34060/reesmat.v9i13.196

Resumo

O presente artigo procura demonstrar que os Direitos Humanos não foram meramente inseridos nos ordenamentos jurídicos, mas fruto de conquistas sociais históricas e de um processo evolutivo de uma compreensão sistemática do que são Direitos Humanos. Posteriormente, sugere-se que o próximo passo nesse processo evolutivo seja o desenho de uma sistemática protetiva da diversidade. Para a pesquisa, foi utilizada a metodologia qualitativa, calcada no método exploratório com base nas doutrinas e sites oficiais.
https://doi.org/10.34060/reesmat.v9i13.196
PDF

Referências

ARENDT, Hannah. As origens do totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

ARRUDA, José Jobson de A. História antiga e medieval. São Paulo: Ática, 1995.

BAGNOLI, Vicente. Direito e Poder Econômico. São Paulo: Atlas, 2005.

BALTES, Paul On the incomplete architecture of human ontogeny: Selection, optimization, and compensation as foundation of developmental theory. Disponível em: < http://psycnet.apa.org/index.cfm?fa=buy.optionToBuy&uid=1997-03698-009>. Aceso em 8 jan. 2017.

BARROSO, Luís Roberto. Natureza jurídica e funções das Agências Reguladoras de serviços públicos. In: Boletim de direito administrativo. Ano XV n. 6, junho/1999.

_____________. O direito constitucional e a efetividade de suas normas: limites e possibilidades da Constituição Brasileira. Rio de Janeiro: Renovar, 1996.

BARUKI, Luciana Veloso Rocha Portolese; BERTOLIN, Patrícia Tuma Martins. Violência contra a mulher: a face mais perversa do patriarcado. Quem tem medo de lobo mau? In: BERTOLIN, Patrícia Tuma Martins; ANDREUCCI, Ana Claudia Pompeu Torezan. Mulher, Sociedade e Direitos Humanos. São Paulo: Rideel, 2010.

BERTOLIN, Patrícia Tuma Martins; SALVIA, Stéphanie G. de Carvalho. A violência em face da mulher no Estado democrático de direito brasileiro: a efetivação do Programa 'Mulher, viver sem violência'. Revista Paradigma, v. 24, p. 97-119, 2015. Disponível em: < file:///C:/Users/Sony/Dropbox/Doutorado/Bibliografia/572-2071-3-PB.pdf>. Acesso em 27 mar. 2017.

BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de janeiro: Campus, 1992.

BRASIL. Lei n. 11.340, de 7 de agosto de 2006. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm>. Acesso em 27 mar. 2017.

CANTU, Césare. História universal. V. 1. São Paulo: Américas, 2003.

CLAPHAM, Andrew. Human Rights: a very short introduction. New York: Oxford, 2007.

COMPARATO, Fábio Konder. A Afirmação Histórica dos Direitos Humanos. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2003.

CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Disponível em : <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em 4 mar. 2017.

CONVENÇÃO SOBRE A ELIMINAÇÃO DE TODAS AS FORMAS DE DISCRIMINAÇÃO CONTRA A MULHER. Disponível em: < http://www.pge.sp.gov.br/centrodeestudos/bibliotecavirtual/instrumentos/discrimulher.htm>. Acesso em 14 mar. 2017.

CONVENÇÃO SOBRE A PROTEÇÃO E A PROMOÇÃO DA DIVERSIDADE DAS EXPRESSÕES CULTURAIS. Disponível em: <http://www.ibermuseus.org/wp-content/uploads/2014/07/convencao-sobre-a-diversidade-das-expressoes-culturais-unesco-2005.pdf>. Acesso em 14 mar. 2017.

CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6949.htm>. Acesso em 19 mar. 2017.

COSTA, P. T. Jr.; MCCRAE, R. R. Set like plaster? Evidence for the stability of adult personality. In: HEATHERTON, T. F. & WEINBERGER, J. L. Can personality change? Washington, DC: American Psychological Association, 1994.

DA SILVA, Luiza Gomes. A evolução dos direitos humanos. Disponível em: < http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,a-evolucao-dos-direitos-humanos,42785.html#_ftn187> Acesso em 29 dez. 2016.

DIAS; Joelson; FERREIRA, Laíssa da Costa; GUGEL, Maria Aparecida; COSTA FILHO; Waldir Macieira (Org.). Novos comentários à convenção da pessoa com deficiência. Brasília: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, 2014. Disponível em: < http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/sites/default/files/publicacoes/convencao-sdpcd-novos-comentarios.pdf>. Acesso em 19 mar. 2017.

DIREITO INTERNACIONAL. Legislação. Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos, de 16 de dezembro de 1966. Disponível em: <http://www.rolim.com.br/2002/_pdfs/067.pdf>. Acesso em 1º out. 2016.

DIREITO INTERNACIONAL. Legislação. Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais, de 1976. Disponível em: <http://www2.mre.gov.br/dai/m_591_1992.htm>. Acesso em 1º out. 2016.

______. Legislação. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Disponível em: <http://www.ohchr.org/EN/UDHR/Documents/UDHR_Translations/por.pdf>. Acesso em 27 mar. 2017.

______. Legislação. Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos, de 16 de dezembro de 1966. Disponível em: <http://www.rolim.com.br/2002/_pdfs/067.pdf>. Acesso em 1º out. 2016.

______. Direitos humanos e o direito constitucional internacional. São Paulo: Max Limonad, 1996.

______. Direitos humanos: o princípio da dignidade humana e a Constituição brasileira de 1988. In: Revista dos Tribunais, ano 94. v. 833, p. 41-53. São Paulo: RT, mar. 2005.

______. Legislação. Convenção Americana de Direitos Humanos. Disponível em: <https://www.cidh.oas.org/basicos/portugues/c.convencao_americana.htm>. Acesso em 27 mar. 2017.

______. Legislação. Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais, de 1976. Disponível em: <http://www2.mre.gov.br/dai/m_591_1992.htm>. Acesso em 1º out. 2016.

______. Legislação. Convenção sobre os Direitos da Criança. Disponível em: <https://www.unicef.org/brazil/pt/resources_10233.html>. Acesso em 14 jan. 2017.

______. Legislação. Convenção sobre os Direitos da Criança. Disponível em: <https://www.unicef.org/brazil/pt/resources_10233.html>. Acesso em 14 jan. 2017.

______. Legislação. Convention on the Prevention and Punishment of the Crime of Genocide. Disponível em: <http://www.ohchr.org/EN/ProfessionalInterest/Pages/CrimeOfGenocide.aspx>. Acesso em 29 jan. 2017.

______. Legislação. Declaração sobre os Direitos das Pessoas Pertencentes a Minorias Nacionais ou Étnicas, Religiosas e Linguísticas. Disponível em: <http://direitoshumanos.gddc.pt/3_2/IIIPAG3_2_10.htm>. Acesso em 27 mar. 2017.

______. Legislação. Rome statute of the international criminal court. Disponível em: <http://legal.un.org/icc/statute/99_corr/cstatute.htm>. Acesso em 30/1/2017.

DIREITOS HUMANOS. Disponível em: <http://direitoshumanos.gddc.pt/2_3/IIPAG2_3.htm>. Acesso em 6 jan. 2017.

DONNELLY, Jack. What are human rights?: An Historical and Conceptual Analysis. 1981. 469 f. Tese (Doutorado em Filosofia Política). Berkeley: University of California, 1981.

DUARTE, Clarice Seixas. O ciclo de políticas públicas. In: SMANIO, Gianpaolo Poggio; BERTOLIN, Patrícia Tuma Martins (Org.). O direito e as políticas públicas. São Paulo: Atlas, 2014.

ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm>. Acesso em 27 mar. 2017.

FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Aspectos do Direito Constitucional Contemporâneo. São Paulo: Saraiva, 2003.

FINNIS, John. Lei Natural E Direitos Naturais (Tradução de Leila Mendes). São Leopoldo: Editora Unisinos, 2007.

GRAU, Eros Roberto. A Ordem Econômica na Constituição de 1988. 15. ed. São Paulo: Malheiros, 2010.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre facticidade e norma. Trad. Flávio Sibeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

LALAGUNA, Paloma Durán. Manual de Derechos Humanos. Granada: Comares, 1993.

LEFORT, Claude. La invención democrática. Buenos Aires, Argentina: Ediciones Nueva Visión, 1990.

MARTINS, Flademir Jerônimo Belinati. Dignidade da Pessoa Humana: Princípio Constitucional Fundamental. Curitiba: Juruá Editora, 2003.

MELLO, Anahi Guedes; NUERNBERG, Adriano Henrique. Gênero e deficiência: interseções e perspectivas. In: Revista de Estudos Feministas. vol.20, n.3, Florianópolis, sept./dec. 2012.

MORAES, Alexandre de. Direitos humanos fundamentais: teoria geral (comentários aos artigos 1º a 5º da Constituição da República Federativa do Brasil - doutrina e jurisprudência. Coleção Temas Jurídicos, v. 3, 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

NASCIDOS LIVRES E IGUAIS. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/img/2013/03/nascidos_livres_e_iguais.pdf>. Acesso em 27 mar. 2017.

PARDO MONTANO, Ana Melisa. Migración internacional y desarrollo. Aportes desde el transnacionalismo. In: Revista de Estudios Sociales. oct-dic 2015, Edición n. 54, p. 39-51.

PATRICIO, Maria Cecília. O travesti: uma questão de gênero. Mestrado (Antropologia). Recife: UNIVERSIDADE, 2002.

PINSKY, Jaime. Os Profetas Sociais e o Deus da Cidadania. In: PINSKY, Jaime, PINSKY, Carla Bassanezi (org.). História da Cidadania. São Paulo: Contexto, 2003.

PIOVESAN, Flávia. Cidadania global é possível? In: PINSKY, Jaime (org). Práticas de cidadania. São Paulo: Contexto, 2004.

PRINCIPIOS DE YOGYAKARTA. Disponível em: <http://www.clam.org.br/uploads/conteudo/principios_de_yogyakarta.pdf>. Acesso em 14 mar. 2017.

PSICOATIVO. Id, ego e superego. Disponível em: <http://psicoativo.com/2016/05/resumo-id-ego-e-superego.html>. Acesso em 8 jan. 2017.

RAWLS, John. Collected papers. London: Harvard University Press, 1999.

ROBERTS, Brent; CASPI, Avshalom. The cumulative continuity model of personality development: Striking a balance between continuity and change in personality traits across the life course. In: STAUDINGER, Ursula; LINDENBERGER, Ulman. (Org.) Understanding human development: Life span psychology in exchange with other disciplines (p.183-214). Dodrecht: Kluwer, 2003.

ROUGHGARDEN, Joan. The gender binary in nature, across human cultures, and in the bible. In: SCHREIBER, Gerhad. Transsexualität in theologie und neurowissenschaften. Walter: De Gruyter, 2016.

RUBIO, Valle Labrada. Introduccion a la Teoria de los Derechos Humanos: Fundamento. Historia. Declaracion Universal de 10 de diciembre de 1948. Madrid: Civitas, 1998.

SMANIO, Gianpaolo Poggio. Legitimidade jurídica das políticas públicas: a efetivação da cidadania. In: SMANIO, Gianpaolo Poggio; BERTOLIN, Patrícia Tuma Martins (Org.). O direito e as políticas públicas. São Paulo: Atlas, 2014.

______. Dimensões da cidadania. In: Novos Direitos e Proteção da Cidadania – Revista Jurídica da Escola Superior do Ministério Público. Ano 2 – janeiro/junho 2009.

SODER, José. Direitos do homem. São Paulo: Companhia Editorial Nacional, 1960.

UNESCO, Brasil. Convenção da ONU sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial (1966). Disponível em: <http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001393/139390por.pdf>. Acesso em 14 jan. 2017.

UNICEF Brasil. Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra as Mulheres (1979). Disponível em: <https://www.unicef.org/brazil/pt/resources_10233.html>. Acesso em 14 jan. 2017.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.