JUSTIÇA SOCIAL E AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: DA ABORDAGEM DAS CAPACIDADES AO MODELO SOCIAL
PDF

Palavras-chave

Justiça Social
Pessoas com Deficiência
Modelo Social.

Como Citar

Silva, E. F. H. da. (2017). JUSTIÇA SOCIAL E AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: DA ABORDAGEM DAS CAPACIDADES AO MODELO SOCIAL. REVISTA ESMAT, 9(13), 121-134. https://doi.org/10.34060/reesmat.v9i13.195

Resumo

Este artigo pretende expor, ainda que sucintamente, sobre a mudança de paradigmas na percepção da pessoa com deficiência na sociedade. Como referencial teórico, aponta-se a abordagem das capacidades de Martha Nussbaum. Nesse contexto, examina-se o enfoque das capacidades em comparação com o modelo social de deficiência. Primeiro, aponta-se a mudança na percepção de deficiência nos últimos anos. Posteriormente, discorre-se sobre a teoria de Nussbaum. Ao final, faz-se menção sobre os Direitos Fundamentais das pessoas com deficiência, para demonstrar o diálogo entre a abordagem das capacidades e o modelo social.
https://doi.org/10.34060/reesmat.v9i13.195
PDF

Referências

ASSEMBLEIA GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS. Convenção sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra a mulher. 1979.

______. Convenção sobre os direitos das crianças. 1989.

______. Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência. 2006.

______.Declaração universal dos direitos dos homens. 1948.

BRASIL. Decreto Nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm>. Acesso em 11 abr. 2017.

______. Decreto Nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6949.htm>. Acesso em 11 abr. 2017.

______. Lei Nº 7.583, de 24 de outubro de 1989. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7853.htm>. Acesso em 11 abr. 2017.

______. Lei Nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/L10406.htm>. Acesso em 11 abr. 2017.

______. Lei Nº 13.146, de 06 de julho de 2015. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm>. Acesso em 11 abr. 2017.

CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE OS DIREITOS DOS HOMENS. Declaração de Viena e Programa de Ação. 1993.

DINIZ, Débora; BARBOSA, Lívia; SANTOS, Wederson Rufino dos. Deficiência, direitos humanos e justiça. Sur – Revista Internacional de Direitos Humanos, São Paulo, v. 5, p. 65- 77, 2009.

DINIZ, Débora; SQUINCA, Flávia; MEDEIROS, Marcelo. Deficiência, cuidado e justiça distributiva. Série Anis, Brasília, n. 48, p. 1-6, 2007.

FOHRMANN, Ana Paula Barbosa. A Dignidade da Pessoa Humana no Direito Constitucional Alemão. Rio de Janeiro: Lumen Iures, 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa nacional de saúde 2013. Rio de Janeiro: IBGE, 2013.

KRISTIANSEN, Kristjana; VEHMAS, Simo; SHAKESPEARE. Tom (org.) et al. Arguing about disability: philosophical perspectives. London: Routledge, 2009.

NUSBAUMM, Martha. Fronteiras da justiça: deficiência, nacionalidade, pertencimento à espécie. São Paulo: Martins Fontes, 2013.

ONU. World Health Organization. World report on desabilities. Geneve. WHO Publications, 2011.

PALACIOS, Augustina. El derecho a la igualdad de las personas com discapacidad y La obligación de realizar ajustes razonables. In: CERVERA, Ignacio Campoy (Org.). Los derechos de lãs personas com discapacidad: perspectivas sociales, políticas, jurídicas y filosóficas. Madrid: Dykinson, 2004.

______. El modelo social de discapacidad: orígenes, caracterización y plasmación en la Convención Internacional sobre los Derechos de las Personas com Discapacidad – Madrid: Cinca, 2008.

PIOVESAN, Flávia. Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: inovações, alcance e impacto. In: FERRAZ, Carolina Valença et al. (Coord.). Manual dos direitos das pessoas com deficiência. São Paulo: Saraiva, 2012.

______. Direitos humanos e justiça internacional: um estudo comparativo dos sistemas regionais europeu, interamericano e africano. São Paulo: Saraiva, 2006.

______. Direitos humanos e o direito constitucional internacional. 7. ed., rev., ampl. e atual. São Paulo: Saraiva, 2006.

ROSATO, Cássia Maria; CORREIA, Ludmila Cerqueira. Caso Damião Ximenes Lopes: mudanças e desafios após a primeira condenação do Brasil pela Corte Interamericana de Direitos Humanos. Sur - Revista Internacional de Direitos Humanos, São Paulo, v. 15, 2012.

SARLET, Ingo Wolfgang. Dignidade da pessoa humana e direitos fundamentais na Constituição Federal de 1988. 3. ed. atual. e ampl. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2004

SEN, Amartya. A ideia de justiça. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.