[1]
I. G. da S. Martins Filho, “OS PRINCÍPIOS JURÍDICOS E SUA DENSIDADE NORMATIVA”, REESMAT, vol. 5, nº 5, p. 219-240, set. 2016.