[1]
N. A. da Silva, “A LEGITIMIDADE DA INTERPRETAÇÃO CONCRETISTA DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS FRENTE AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS”, REESMAT, vol. 1, nº 1, p. 227-236, nov. 2017.