12ª Edição da Revista Esmat online – Editor Científico da Revista fala de sua importância

A 12ª Edição da Revista Esmat está disponível na versão online para todos os interessados. Este é um periódico científico da área do Direito, editado pela própria Escola. A primeira edição foi publicada em 2009, e, desde 2013, a periodicidade é semestral, e em 2016, a Revista foi vinculada ao Programa de Mestrado Profissional e Interdisciplinar em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos, realizado pela Universidade Federal do Tocantins, em parceria com a Escola Superior da Magistratura Tocantinense.

 "A busca contínua pelo aprimoramento do periódico e o cumprimento das metas da Capes possibilitaram o enquadramento da Revista no estrato B4 do Qualis. Todavia, a Escola almeja alavancar ainda mais a qualidade e a excelência nas publicações”, ressaltou Tarsis Barreto, diretor científico.

Em conversa com a assessoria da Escola, o editor científico da Revista, professor doutor Tarsis Barreto detalha os procedimento e a importância dessa publicação.

 

 

Ascom Esmat – Qual a proposta da Revista?

 

Editor – A proposta é a de constituir-se num veículo avançado de difusão de conhecimento na área jurídica e seu necessário diálogo com as mais diversas áreas do saber, constituindo-se, atualmente, veículo consagrado de produção e difusão da ciência e da cultura jurídica tocantinense, com reflexo em produções intelectuais significativas de membros do Judiciário, bem como estudiosos da Ciência Jurídica e comunidade científica em geral.  

 

Ascom Esmat Qual a importância dessa publicação para o Poder Judiciário Tocantinense?

 

Editor – A importância é enorme, já que, por meio da Revista, engendra-se a possibilidade de divulgação dos melhores artigos científicos no âmbito do Judiciário tocantinense, além da oportunidade de captação de trabalhos científicos provenientes dos diversos estados da Federação. 

 

Ascom Esmat A Revista abre espaço para artigos do público externo?

 

Sim, esta é, aliás, uma das principais metas da Revista: a captação de artigos externos, isso com vista ao atingimento das metas de expansão do extrato Qualis da Revista, em sintonia com os padrões e normativas da Capes para periódicos científicos.

 

Ascom Esmat Qual a importância de publicar um artigo na Revista Esmat?

 

Editor – A publicação de artigos em periódicos científicos viabiliza, em primeiro lugar, um espaço privilegiado de divulgação do trabalho científico, já que os exemplares da Revista, além de publicizados no formato virtual na página do periódico, são enviados para diversos órgãos e institutos, a exemplo de Escolas de Magistratura, universidades, bem como para diversas instituições públicas e privadas em todo o País, e até mesmo no exterior.

 

Ascom Esmat Como é feita a seleção dos artigos?

 

Editor – O fluxo para captação de artigos é contínuo. Assim, os artigos podem ser enviados a qualquer momento para o e-mail: revistaesmat@tjto.jus.br, bem como para o endereço eletrônico http://esmat.tjto.jus.br/publicacoes/index.php/revista_esmat/index .

Em seguida, os artigos são enviados para análise de pareceristas cadastrados em todo o País.

 

Ascom Esmat Existem critérios para que um artigo seja aprovado?

 

Editor – Para ser aprovado, o artigo precisa atender aos requisitos mínimos para a publicação na Revista, cujas especificações podem ser encontradas no site do periódico, no link diretrizes para autores. Após a análise prévia pela Comissão Editorial, são os artigos submetidos, pelo sistema do double blind review (avaliação cega por pares) a dois avaliadores externos, que emitirão parecer favorável ou desfavorável à publicação. A esse respeito, frisa-se que este padrão adotado segue os rigores de qualquer periódico científico, seja de Direito ou de outras áreas. 

 

 

Ascom Esmat Essa é a 12ª Edição, qual o maior desafio ao longo dessas produções?

 

Editor – O maior desafio para qualquer periódico científico é o cumprimento das metas traçadas pela Capes para Revistas científicas, mormente quanto à busca de pareceristas qualificados, o que requer gestão estratégica e estabelecimento de metas contínuas, bem como a captação de artigos externos, atendidas as necessárias metas de exogenia para o periódico.