Magistrados e servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO) participaram, nesta quarta-feira (3/4), do I Módulo do Programa de Desenvolvimento em Governança, Compliance e Riscos para o Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, na Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT).

O programa é mais uma iniciativa da gestão em melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo Judiciário ao cidadão. A temática abordada no I Módulo do Programa foi Governança Corporativa, ministrado pelo doutor Dalton Penedo Sandenberg.

Para o diretor geral do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, Jonas Demostene Ramos, “o curso vem ao encontro da consolidação do Planejamento Estratégico do Tribunal visando atender aos princípios da administração pública em prol do 1,5 milhões de clientes (cidadãos)”. 

“Hoje, três elementos muito importantes em uma administração, pública ou privada, são: Governança, Compliance e Riscos. A Governança dá uma visão macro de como uma organização se estrutura em torno da administração do poder e seus limites, bem como os papéis e responsabilidades atribuídas”, ressaltou o professor Dalton Penedo Sandenberg.

A capacitação proporcionará aos participantes um debate e aprofundamento sobre governança corporativa, a gestão de riscos, compliance e ambiente legal e institucional, e tem como objetivo disponibilizar conhecimentos referentes à gestão e liderança.

 

Professor

 

Dalton Penedo Sandenberg é doutor, pela Universidade de Birmingham, Reino Unido, em Governança Corporativa, desde 2012; mestre em Engenharia da Produção, com ênfase em Gestão de Negócios, pela Universidade Federal de Santa Catariana (UFSC), em 2003. MBA Empresarial, pela Fundação Dom Cabral (FDC), em 1997; graduado em Engenharia Mecânica, pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), em 1987. 

Atua como professor na Fundação Dom Cabral (FDC), nas áreas de Governança Corporativa, Gestão de Empresas Familiares, Gestão Estratégica e Administração de Conflitos, e coordenou o Núcleo de Governança Corporativa da Fundação Dom Cabral.