Na manhã da última quarta-feira (10/4), na Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT), iniciaram as aulas dos Módulos XI e XII da Pós-Graduação em Combate à Corrupção – Turma II. As aulas foram ministradas pelos professores Flávio Cardoso Pereira e Graziele Cristina Lopes Ribeiro, com os temas Investigações Complexas nos casos de Corrupção e Metodologia do Trabalho Científico.


Para a aluna Isabela Laiana Bernardes Rodrigues, assessora no Ministério Público Federal, “as aulas têm contribuído muito para o desenvolvimento das minhas atividades funcionais; os professores são extremamente qualificados, tendo atuado na linha de frente de grandes investigações”, finalizou a aluna.

Professores


Promotor de justiça no estado de Goiás, desde 1994, Flávio Cardoso Pereira, é graduado em Direito, pela Universidade Federal de Uberlândia (1992), pós-doutor, pela Universidade de Coimbra-Portugal (2014), doutor em Direito, pela Universidade de Salamanca/Espanha (2012). Nos últimos anos trabalhou principalmente com os seguintes temas: Combate à Corrupção; Investigação Criminal; Criminalidade Organizada; Infiltrações Policiais e Entregas Controladas; Equipes Conjuntas de Investigação Criminal; Lavagem de Capitais; Terrorismo; Cooperação Jurídica Internacional no Âmbito Penal; e Teoria Geral da Prova Penal.

A professora Graziele Cristina Lopes Ribeiro é graduadaem Direito,pela Universidade de Marília, 1999; mestre em Direito Internacional Econômico, pela Universidade Católica de Brasília, 2013; doutoranda em Direito,pela Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo. Atualmente é professora titular do Centro Universitário Luterano de Palmas; advogada e presidenteda Comissão de RelaçõesInternacionais –Ordem dos Advogados do Brasil, Tocantins.