Eduardo Vera-Cruz Pinto – Portugal
Presidente do Instituto de Direito Brasileiro (IDB) e professor catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Doutor em Direito. Membro do Centro de Estudos de Direito da Cibersegurança da FDL; do Observatório de Direito e Interioridade; e do Grupo de Pesquisa em Direitos Humanos da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  Membro de conselhos editoriais de revistas científicas: Revista da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa; Ousar Integrar do Instituto de Reinserção Social; Revista da Faculdade de Direito da PUC-SP. Publicações mais Relevantes: História do Direito Comum da Humanidade. Ius Commune Humanitatis ou Lex Mundi? AAFDL, 2 Volumes, 2003 e Curso Livre de Filosofia do Direito e de Ética Jurídica, Principia, 2010.
 

Andrea Vieira Zanella – Brasil
Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Orientadora de mestrado e doutorado vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFSC. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná; mestre e doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou estudos pós-doutorais na Università Degli Studi di Roma La Sapienza e estudos complementares na UFRGS. Desenvolve projetos de pesquisa e extensão na área de Psicologia Social com os seguintes temas: Relações Éticas, Estéticas e Processos de Criação; Psicologia Social e Arte; Educação Estética; Questões Metodológicas. Tem livros, capítulos de livros e artigos publicados, vários destes disponíveis online. Integra o corpo editorial de periódicos científicos e de editoras.


Carla Amado Gomes – Portugal
Professora Doutora da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Foi vice-presidente do Instituto da Cooperação Jurídica da Faculdade de Direito de Lisboa (2006-2014). É membro do Conselho Pedagógico. Leciona nos cursos de Pós-Graduação em Direito do Ambiente, Direito Administrativo e Direito da Energia, em Angola, Moçambique e Brasil. Colabora regularmente em ações de formação no Centro de Estudos Judiciários. Foi professora convidada da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (2007-2013). Foi assessora no Tribunal Constitucional (1998-1999). Tem obras publicadas nas áreas do Direito Administrativo, do Direito Constitucional, do Direito do Ambiente e do Patrimônio Cultural, do Direito da Educação e do Direito da União Europeia.


Esther Maria de Magalhães Arantes – Brasil
Bacharel em Psicologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre e doutora em Educação, pela Boston University e pós-doutora pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Dedica-se a estudos e pesquisas nas áreas da história da assistência à infância no Brasil e das políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes, bem como estudos na área de Psicologia e Direitos Humanos. Foi membro do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (2012). Conselheira do Conanda (2013-2014), representando o Conselho Federal de Psicologia. Recebeu a Medalha EMERJ, concedida pela EMERJ em 10 de dezembro de 2014.


Par Engstrom – Inglaterra
Relações Internacionais (DPhil), pela Universidade de Oxford. Estudou Filosofia e Economia (BA), na University College London (UCL), e Políticas Latino-Americanas (MSC), no Instituto de Estudos Latino-Americanos da Universidade de Londres. Professor de Direitos Humanos das Américas do Instituto das Américas da UCL. É também co-presidente da Rede de Justiça de Transição Londres (LTJN). Lecionou Direitos Humanos, Teorias de Relações Internacionais e Segurança Internacional em várias faculdades de Oxford, em Oxford Brookes University, Escola de Estudos Orientais e Africanos (SOAS), e na Warwick University. Trabalhou no Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos (OHCHR) em Genebra, em questões relacionadas com a liberdade de religião ou crença, e os direitos humanos dos migrantes, respectivamente.


Alexandre Sérgio da Rocha – Brasil
Graduado em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professor da Faculdade Ruy Barbosa – DeVry Brasil, em Salvador, Bahia. Foi representante do Brasil e posteriormente, por mais de 10 anos, professor-visitante do Inter-American Defense College, em Washington-DC. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estratégia, atuando principalmente nos seguintes temas: Estratégia, Operações Militares, Poder Aerospacial, Organização das Forças Armadas e Cultura Institucional. No ensino, tem-se dedicado às disciplinas de Metodologia da Pesquisa e de Filosofia, Hemenêutica e Ética.


Rodolfo Petrelli – Itália
Possui graduação em História e Filosofia, Psicologia e Teologia pela Universitá Pontíficia Salesiana Roma. Mestrado e Doutorado em Psicologia pela Universitá Pontíficia Salesiana Roma. Foi docente e gestor acadêmico na PUC de Goiás (1980-2007). Atualmente é membro da Associação Goiana de Psicodiagnóstico Rorschach e professor aposentado da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Professor e coordenador do curso de pós-graduação lato sensu em Criminologia da Esmat.


Erasto Fortes Mendonça – Brasil
Doutor em Educação pela Unicamp e mestre em Educação pela Universidade de Brasília. Graduado em Psicologia. É conselheiro do Conselho Nacional de Educação (CNE); presidente da Câmara de Educação Superior. Tem experiência em Gestão Pública, como diretor da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, como secretário de estado adjunto de Educação do DF, como coordenador de Educação em Direitos Humanos e diretor de Promoção dos Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Atua principalmente nos seguintes temas: Política Educacional, Gestão Democrática da Educação, Educação em Direitos Humanos, Administração de Sistemas de Ensino e Formação de Professores.


Margarette May Macaulay – Jamaica
Juíza da Corte Interamericana de Direitos Humanos, pela Jamaica (2012). Advogada e mediadora. Bacharel em Direito (LLB) pela Universidade de Londres. Ex-advogada geral de Serra Leoa em práticas privadas na República de Serra Leoa, Gana e Gambia. Foi advogada geral da Federação de West Indies e chefe de Justiça da Suprema Corte das Bahamas. Colunista semanal do Jamaica Observer e no Sunday Herald em matérias sociais, legais e de Direitos Humanos.


Bleine Queiroz Caúla – Brasil
Advogada e pedagoga. Mestre em Administração de Empresas e especialista em Direito Processual Civil pela Unifor. Doutoranda em Direito – Área Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa. Assessora do Projeto Cidadania Ativa (2005-2008) agraciada com o V Prêmio Innovare, 2008. Professora da Graduação e da Pós-Graduação da Unifor. Principais áreas de atuação e pesquisa: Educação Ambiental; Mediação Ambiental e Familiar; Cidadania e Moradia Sustentável; Responsabilidade Social das Universidades. Disseminação do Conhecimento Jurídico nas comunidades para o fortalecimento da cidadania. Responsabilidade Civil e Penal por danos ambientais. Obras publicadas: A lacuna entre o Direito e a Gestão do Ambiente: os 20 anos de melodia das Agendas 21 Locais, Premius, 2012. Direitos Fundamentais: uma perspectiva de futuro, Atlas, 2013.


Claudio Nash Rojas – Chile
Licenciado em Ciências Jurídicas e Sociais e doutor em Direito, pela Universidad de Chile. Coordenador Acadêmico do Centro de Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade de Chile e diretor do Programa “Estado de Direito e Direitos Humanos” do mesmo centro. Professor dos programas de Mestrado e Doutorado da mesma Universidade, onde leciona o curso “Direitos Fundamentais. Tendências Comparadas”. Também é docente no Mestrado da Universidad de Alcalá "Direitos Humanos, Estado de Direito e Democracia na Iberoamérica". Foi consultor da UNICEF e Cruz Vermelha Internacional em matéria de Direitos Humanos. Autor do livro "As reparações ante a Corte Interamericana de Direitos Humanos”, entre outros. Desde 2007 coordena a "Rede Interamericana de Formação em Direitos Humanos", liderada por COLAM (Canadá) e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos.


Valério de Oliveira Mazzuoli – Brasil
Pós-Doutor em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade Clássica de Lisboa, sob a orientação do professor catedrático Jorge Miranda. Doutor em Direito Internacional pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Direito Internacional pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Presidente Prudente. Professor Adjunto de Direito Internacional da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Professor do Programa de Mestrado em Proteção dos Direitos Fundamentais da Universidade de Itaúna-MG. Possui vários livros jurídicos publicados, com destaque para as áreas do Direito Internacional Público e dos Direitos Humanos. Tem diversos ensaios estampados em revistas jurídicas especializadas, brasileiras e internacionais, bem como em livros jurídicos nacionais e estrangeiros.