1. Não trabalho no Poder Judiciário. Posso estudar na biblioteca?
Sim. A biblioteca é aberta ao público e qualquer pessoa pode estudar em suas dependências durante o horário de funcionamento, das 8 às 18 horas.

2. Quem pode levar materiais emprestados?
Os usuários internos: magistrados, servidores, estagiários do Poder Judiciário do Tocantins, e alunos da ESMAT, durante o período do curso.

3. Como devo proceder para me cadastrar na biblioteca?
Dirija-se à biblioteca com documento de identificação pessoal, com foto. Magistrados, servidores e estagiários deverão informar a matrícula no Poder Judiciário do Tocantins. Alunos da Escola (sem vínculo com o Poder Judiciário) deverão apresentar comprovante de matrícula.

4. O que se pode levar emprestado?
Usuários internos podem levar até 3 livros* e 3 periódicos.

*Dicionários, enciclopédias e obras raras podem ser utilizados somente na biblioteca.

5. Por quanto tempo é o empréstimo?
O empréstimo é por 10 dias corridos, podendo ser renovado pelo mesmo prazo até 3 vezes.

6. Como renovar um livro?
A renovação pode ser solicitada pessoalmente na biblioteca ou por telefone.

7. E se o usuário esquecer-se de devolver?
Ele ficará suspenso por período equivalente ao tempo de atraso na devolução. O prazo de suspensão se inicia quando o material é devolvido.
Itens em atraso bloqueiam qualquer tipo de empréstimo no sistema.

8. É possível reservar algum livro?
Sim, basta solicitar à biblioteca pessoalmente, por telefone ou na página de consultas do acervo on-line. Nos resultados da pesquisa, abaixo da descrição de uma obra emprestada, haverá a opção “Reserva”, que exigirá matrícula e senha do usuário na biblioteca.
As reservas são registradas no sistema da biblioteca, assim, reservam-se apenas os materiais emprestados a outros usuários. O item reservado ficará, por 24 horas, disponível para empréstimo somente àquele que o reservou.

9. Como localizo um livro na estante?
Ao consultar o catálogo online, deve-se anotar o número de localização do item.
Exemplo: 347.6 O47c 2012. Esse número está na etiqueta na lombada do livro e constitui-se da seguinte forma:
347.6 = Classificação do assunto (Direito de Família)
O47c = notação de autor, composta pela inicial do sobrenome do autor + número do autor + inicial do titulo do livro. (O Oliveira, José + 47 + c Curso de Direito de Família.).
2012 = ano do livro
Portanto, para encontrar o livro procurado, deve-se localizar primeiro a classificação do assunto e em seguida a notação de autor.
Caso não consiga encontrar o livro que procura, peça ajuda aos servidores da biblioteca.

10. Encontrei a obra no catálogo on-line. Como saber se está disponível?
Abaixo da descrição de cada obra nos resultados da pesquisa, há a opção “Exemplares”, que informa a disponibilidade do material, datas de empréstimo e devolução e o número do exemplar.

11. Posso comer e beber na biblioteca?
Não é permitido. O consumo de alimentos e bebidas no interior da biblioteca pode acarretar danos aos livros utilizados. Como patrimônio público, todos devem zelar por eles. Em caso de danos ocasionados por alimentos e bebidas, o usuário ficará responsável pela substituição do bem danificado.

12. Perdi um livro. O que eu faço?
Procure a biblioteca imediatamente e comunique a perda antes do vencimento do prazo para devolução a fim de evitar penalidades. Será necessária a reposição do item perdido (mesma edição ou a mais recente) em até 30 dias. Caso a edição esteja esgotada, indicaremos um similar para a reposição.

horario biblioteca