Com foco na excelência dos seus trabalhos, a Esmat se reuniu, no último dia 19, para tratar da Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Constitucional, com foco no encerramento das atividades que ocorrerão em dezembro deste ano, e, como produto final, será apresentado um estudo de caso pelos alunos.

Para o diretor geral da Esmat e coordenador desta Pós, desembargador Marco Villas Boas, "o estudo de caso é um instrumento de grande importância por ter como base experiências reais, com o objetivo de provocar educadores, gestores e demais atores da comunidade escolar a refletirem e a se colocarem em situações que envolvem tomadas de decisões. Cada caso é composto por um estudo textual e um documentário com recursos de acessibilidade," ressaltou o desembargador.

A reunião contou com a presença do diretor geral, desembargador Marco Villas Boas; da diretora executiva, Ana Beatriz Pretto; da coordenadora do Núcleo e Formação de Magistrados, Andréia Marinho; da professora doutora Patrícia Medina; e dos tutores Fernanda Pontes Alcântara e Yuri Jurubeba.