Espanha, Portugal, México e Brasil, foram essas as conferências que movimentaram o encerramento do VI Congresso Internacional em Direitos Humanos, nesta sexta-feira (27/10).

Com transmissão via satélite para as comarcas do Estado e pela internet, por meio do aplicativo e do Portal Esmat, o público prestigiou, neste último dia, a apresentação de seis conferências e a entrega dos certificados aos melhores painéis de cada eixo temático apresentado.

Neste ano, o tema central do Congresso foi: Erradicação da Pobreza: Uma Questão Política, Social e Jurídica, e o homenageado o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, em reconhecimento ao legado de sua atuação, para minimizar a pobreza no Brasil.

Entre as atividades realizadas no período da manhã, o público acompanhou a apresentação do tema: Oportunidade, Mobilidade e Aumento da Desigualdade, ministrado pelo doutor em Filosofia, Vanderlei de Oliveira Farias. Os trabalhos foram coordenados pela professora doutora Renata Rocha.

Na sequência, a portuguesa, doutora Carla Amado, explanou sobre Pobreza Energética. Compôs a Mesa presidida pelo professor doutor Gustavo Paschoal o desembargador Marco Villas Boas.

Encerrou a manhã o espanhol Lorenzo Alvarez de Toledo Quintana, doutor em Direito Internacional Privado pela Universidade de León, que falou sobre Três Paradigmas de Criação Judicial do Direito. Teoria dos Frutos da Árvore Envenenada, Regularidades da Cadeia de Custódia e Técnica de Levantamento do Véu. O espanhol teve sua Mesa presidida pelo professor doutor Tiago Gagliano.

Tarde

O Tema Justiça Social, Pobreza e Direitos Humanos deu início aos trabalhos da última tarde desta Conferência, e foi ministrado pelo professor associado do Departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da Faculdade de Direito da USP, doutor Eduardo Carlos Bianca Bittar.

 Presidiu a Mesa o professor doutor Oneide Perius; o desembagador Marco Villas Boas compôs a Mesa e, na oportunidade, homenageou o conferencista com a Medalha de Mérito Acadêmico – Feliciano Machado Braga.

Na sequência, o diretor geral da Esmat, desembargador Marco Villas Boas, apresentou o tema: O Tratado de Cooperação da Amazônia como instrumento de Desenvolvimento Socioambiental. Presidiu a Mesa o professor doutor Paulo Sérgio Gomes Soares.

Encerrou a solenidade a videoconferência do México, com o doutor Michel Guillot que tratou do tema: A Proteção dos Direitos Humanos pela Justiça Administrativa Francesa.

Todos os conferencistas convidados foram homenageados com o Medalhão Esmat.

Para a coordenadora do VI Congresso, professora Renata Rocha, “o evento foi, mais uma vez, um sucesso de público, as palestras superaram as expectativas, e as discussões realizadas foram abrangentes da forma como um evento desta magnitude deve proporcionar.”

No final da cerimônia, foi realizada a entrega dos certificados dos três primeiros lugares dos painéis apresentados. Confira o resultado, clicando aqui.

ultimodia_congresso (28)
ultimodia_congresso (27)
ultimodia_congresso (26)
ultimodia_congresso (25)
ultimodia_congresso (24)
ultimodia_congresso (23)
ultimodia_congresso (22)
ultimodia_congresso (21)
  • ultimodia_congresso (28)
  • ultimodia_congresso (27)
  • ultimodia_congresso (26)
  • ultimodia_congresso (25)
  • ultimodia_congresso (24)
  • ultimodia_congresso (23)
  • ultimodia_congresso (22)
  • ultimodia_congresso (21)
  • ultimodia_congresso (20)
  • ultimodia_congresso (19)
  • ultimodia_congresso (18)
  • ultimodia_congresso (17)
  • ultimodia_congresso (16)
  • ultimodia_congresso (15)
  • ultimodia_congresso (14)
  • ultimodia_congresso (13)
  • ultimodia_congresso (12)
  • ultimodia_congresso (11)
  • ultimodia_congresso (10)
  • ultimodia_congresso (9)
  • ultimodia_congresso (8)
  • ultimodia_congresso (7)
  • ultimodia_congresso (6)
  • ultimodia_congresso (5)
  • ultimodia_congresso (4)
  • ultimodia_congresso (3)
  • ultimodia_congresso (2)
  • ultimodia_congresso (1)