Durante a programação do terceiro e último módulo do curso Eneagrama para Magistrados, a médica psiquiatra, homeopata, psicoterapeuta e consultora organizacional, Dagmar Ramos, fez uma participação especial e realizou palestra sobre a Constelação Sistêmica Familiar.

Para Dagmar, “as constelações sistêmicas estão hoje presentes, com força, nos grupos e organizações. Assim como não podemos mais estudar o ser humano de forma fragmentada ou mecanicista, nosso olhar para a organização precisa ver o todo e suas inter-relações, suas dinâmicas historicamente produzidas, sua rede de conversações internas e externas, identificar as forças que estão presentes e atuantes, suas ordens e desordens sistêmicas.”

Constelação Familiar é uma abordagem terapêutica capaz de identificar padrões recorrentes de conduta com vista a solucionar os problemas surgidos a partir deles.

Desenvolvido pelo filósofo e psicanalista alemão Bert Hellinger, o método tem se mostrado mais rápido e satisfatório do que muitas das terapias convencionais, o que explica seu crescente número de adeptos.

Para o juiz Gilson Coelho Valadares, coordenador da Cidadania no Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, e responsável pela vinda da palestrante, “essa foi uma aula sobre a história da constelação sistêmica que tem como um dos principais ramos a constelação familiar. Seus princípios básicos estão lastreados na vivência de situações pretéritas cujos efeitos atuais necessitam de ajustes, principalmente no que diz respeito à aceitação das diferenças no seio familiar. A Metodologia utilizada no curso deixou claro que nada acontece por acaso. Tudo tem uma razão de ser e de existir. A conclusão a que chego é a seguinte: o bem que me faz bem é o bem que eu faço”.

Dagmar é uma das pioneiras do trabalho com as Constelações Familiares no Brasil, com reconhecimento internacional. É professora do método e realiza atendimentos com constelações sistêmicas no Brasil, na Itália e na Alemanha. 

É membro da equipe internacional do Sisc-Study, Doenças, Sintomas e Constelações Sistêmicas, coordenado por Gunthard Weber, do Instituto Wiesloch, da Alemanha. Diretora e fundadora do Instituto Brasileiro de Soluções Sistêmicas. Diretora Técnica do Centro Clínico Francisco de Assis – Especializado em Dependência Química –, em Goiânia-GO.

A médica psiquiatra finalizou ressaltando que “problemas emocionais e de relacionamento podem estar ligados à nossa história familiar profunda. Eventos traumáticos vividos por nossos antepassados podem gerar posturas negativas inconscientemente perpetuadas por meio das gerações os quais afetam nossa vida pessoal presente”.

 

curso_eneagrama (8)
curso_eneagrama (7)
curso_eneagrama (6)
curso_eneagrama (5)
curso_eneagrama (4)
curso_eneagrama (3)
curso_eneagrama (2)
curso_eneagrama (1)
  • curso_eneagrama (8)
  • curso_eneagrama (7)
  • curso_eneagrama (6)
  • curso_eneagrama (5)
  • curso_eneagrama (4)
  • curso_eneagrama (3)
  • curso_eneagrama (2)
  • curso_eneagrama (1)